As lições do filme Little Boy

20:01

Se você ainda não assistiu ao filme Little Boy, assista, a menos que você não queira chorar de emoção, alegria, tristeza e alegria de novo do começo ao fim.

Não vou dar muitos spoilers, mas não adianta eu escrever um texto sobre esse lindo filme sem dar umas dicas da história pra vocês entenderem melhor, certo?!

Bom, sem dúvidas esta é uma história que marca muito, porque ela se passa no contexto da Segunda Guerra Mundial, e ao mesmo tempo conta a vida de um garotinho muito sonhador vivendo altas aventuras com seu melhor amigo – e pai.

O que acontece na trama é que seu irmão mais velho não pôde ir à Guerra defender seu país por não ter sido aprovado por condições físicas, e por isso seu pai fora obrigado a servir em seu lugar. Claro que com muita tristeza por parte de toda a família, ele foi, e deixou o pequeno Pepper ainda mais devastado, já que ele sofria bullying entre os garotos da pequena cidade onde morava por ser pequeno demais, e por isso não tinha mais nenhum amigo.

Little Boy

Mas o mágico (literalmente mágico) da história, é que ele e seu pai admiravam muito um HQ que falava de um herói/mágico que sempre acreditava que podia fazer as coisas mais impossíveis, então meio que criaram juntos o mantra: “- Você acredita que pode fazer? - Sim, eu acredito!”, e isso ficou tão forte no pequeno Pepper, que ele simplesmente começou a querer acreditar com todas as forças que poderia trazer seu pai vivo da Guerra.

Até aí tudo bem, parece até meio clichê analisando friamente, mas o inacreditável acontece no decorrer do filme, quando um mestiço de japonês vai morar na cidade (e por conta do Pearl Harbor, todos os estadunidenses criaram na época muito ódio e preconceito contra os japoneses, mesmo os que haviam se autoproclamado aliados), e de uma forma bem irônica, acaba se tornando amigo de Pepper, já que o garotinho acreditava que essa era uma das formas de trazer seu pai de volta.

Little Boy

Mas o que de fato aprendi com esse filme?

Aprendi (ou reaprendi) que o perdão é uma das chaves que pode abrir a porta do coração, e tornar qualquer mágoa em amor, fazendo assim com que consigamos nos libertar de tudo o que barra nossos caminhos.

Aprendi também que a fé deve ser nossa aliada durante toda a nossa vida, pois é ela a crença no melhor, no positivo, que irá nos fazer continuar acreditando que aquilo que realmente queremos ainda pode ser nosso, e o garotinho acreditou tanto, mas tanto que sua fé traria seu pai de volta, lembrando sempre de seu mantra: “você acredita que pode fazer?”, que foi capaz de atrair grandes experiências em sua vida, e mudar a vida de todas as pessoas que estavam ao redor dele.

as-licoes-do-filme-little-boy-fran-trajai-04-1024x436

Enfim, é um filme que você deve assistir, independente de suas crenças ou religiões, pois ele não fala da fé religiosa em si, mas de uma fé que todo ser humano é capaz de expressar, pois todos nós temos desejos e sonhos. É uma fé que vai além de qualquer coisa, qualquer pensamento, pois ela só pode ser sentida, e durante a 1 hora e 40 minutos do filme, você vai senti-la, e também irá sentir-se de novo como uma criança capaz de atrair tudo aquilo que um dia sonhou, pois verá que tudo isso jamais saiu de dentro de você, e isso por si só te fará emocionar.

Escrito por Felipe Betim - Médium, aquariano, curioso e criativo, sonho em ajudar as pessoas a terem mais consciência de si mesmas, e principalmente a mudarem seus mundos particulares com ela.

P.s: Eu e o Felipe agradecemos muito a Camila Rech pela indicação do filme.

You Might Also Like

0 comentários

POSTS POPULARES

Facebook

Flickr Images

Subscribe